Meu caminho...‘Eu poético’

Agradecimento

Não sei por onde começar, pois são tantos os agradecimentos.

Talvez te agradecendo por
sonhar e ter esperanças comigo.
Ou ainda, por me ajudar a realizá-los…

Por dormir comigo,
Ou melhor, por acordar ao meu lado…

Por me corrigir sem brigar,
me ensinando o certo e o errado…

Por aceitar muitos dos meus defeitos,
sem expectativas de mudanças…

Por ser quem você é,
completando o quem eu sou!!!

Eu repórter

Seja nas ruas fazendo entrevistas,
ou atrás de um computador, captando informações,
um repórter tem a difícil missão de explicar
aquilo que não tem explicação: a vida!

Juntar fatos e versões;
Ouvir pessoas e multidões,
Olhar nos olhos do entrevistado,
bem no fundo, para captar a verdade.
Mas não optar pela primeira, nem pela segunda.
Só acreditar depois da terceira metade
deste grande quebra-cabeça que é a informação!

Informação que é fato!
Fato que é real!
Realidade que é vida!
Vida expressa em palavras e imagens…

Repórteres, grandes tradutores da realidade!

Bobo

Saiba que eu te amo muito e que aos finais de semana a saudade aumenta, me arrebenta por dentro e me faz chorar! Uma lágrima que escorre, percorrendo o rosto que quer te beijar… uma lágrima que escorre e grita para o mundo algo que está guardado no meu coração: essa é a pessoa que eu amo!

Mesmo se ela te chama de chato, boboca, besta, ou o carinhoso bobo, que só quem está apaixonado sabe o que é ser bobo…  sabe o que é digitar <3 e, com esse código, declarar algo que o corpo e a mente não controlam… o AMOR!

Tem gente e tem gente…

Tem gente que nos rouba de nós mesmos.
Que nos faz perder a nossa essência, nos distrai da nossa meta…

Tem gente que nos faz querer novas metas!
Tem gente que nos faz querer voltar a ser gente!
Tem gente que chega e ocupa a nossa mente!
Tem gente que passa, tem gente fica…

Tem gente e tem gente…

Caminhada para um futuro

Foi assim que tudo começou…

Mais um dia acordei e estava pronto…
pronto para cometer os mesmos erros!
Erros de sempre, erros que me marcarão eternamente…
Erros prazerosos, difíceis de se entender quando,
de fora, tudo parece um crime!

Erros que sempre me mostraram um mundo escondido
Um mundo mais negro, embora recheado de cores fortes

E nessa escuridão, um surto me fez desistir de tudo!
Me fez sair para caminhar, pensar e, quem sabe,
poder aprontar, errar mais…

E aprontando novamente, meu destino mudou!
Fiz algo que nunca faria! Olhei de um modo que não era meu!
Um olhar de desejo, um olhar de medo, um olhar de conquista!
Com muito medo, mas com todas as minhas garras,
Arrisquei! Joguei todas as cartas na mesa! Fui direto…
Descarado!!!

Mas funcionou…
Meu coração arrepia até hoje, só de lembrar…
Minha vida mudou! Vícios e medos deixei para trás…
Foi a melhor coisa que podia me acontecer naquele dia,
melhor coisa que podia acontecer na minha vida!!!

Voltando de novo

Como se não bastasse, uma vez não foi o suficiente.
Tive que testar se aquele era realmente
o gosto amargo da volta.

Voltar significa ter ido.
Voltar significa ter algo vivido.
Voltar significa não permanecer no local visitado.

O voltar amargo, significa ter ido,
ter amado o algo vivido, e sofrido
por não permanecer no local preferido.

Mas a volta é boa. A volta é sempre boa…
Assim deve pensar aquele que um dia quer voltar e voltar…

Meu sonho: viver de voltas!
Voltas amargas para compensar
o doce sabor da ida, da chegada, da estada…

Amor mal amado

É possível amar alguém, querer alguém, mas não para a vida inteira??? Isso é amor verdadeiro ou apenas um amor mal amado??? E se ele for mal amado, o seria para a vida toda???

Porque o coração diz sim e não??? Porque o coração aperta a alma nessa indecisão???

Só queria sair vivo… dessa paixão!

Caminhos que cruzam

Muitas vezes cruzamos nossas vidas com as vidas de outras pessoas…

Mas, e quando esse cruzamento é rápido?
Numa fila de supermercado?
Num vagão do trem?
Numa loja ou shopping?

Depois de se cruzar…
Trocar informações, olhares…
Ou até mesmo o mais íntimo das toques…
???

Queria muito saber o que a minha vida muda na vida de uma pessoa…

Emoções

Emoções vem e vão!
Emoções nos envolvem,
nos consomem, nos destroem…

Se emocionar é ser livre!
Estar emocionado é se expressar,
é poder amar, curtir, gostar!!!

Mas, emoções travam!
É o medo de se abrir,
de se mostrar e sorrir…

Destravar emoções???
Esta é uma difícil missão
que vai depender de cada situação…

Chorar, sorrir, desabafar,
cantar, amar, abraçar,
falar, ouvir, correr,
beber, pensar, refletir…
Mas, nunca se isolar!!!

Porque emoção, embora particular,
só é sentida na presença (ou ausência) de alguém…

Não sou

Seu ouvido me escuta, mas não sou música.
Seus olhos me leem, mas não sou palavras.

Você me quer de um jeito que eu não sou.
Eu te quero de um jeito que você não é.

Será que estamos certos em querer estar juntos?
De qualquer jeito, simplesmente sou…
Simplesmente somos!!!

Só acho que não sou…
o ser mais adequado.
o seu namorado.